ULTIMAS NOTÍCIAS

sábado, 21 de janeiro de 2017

Alcaçuz ainda está sob controle de detentos e muro deve ser construído hoje

Pelo menos 20 presos feridos foram retirados da penitenciária desde ontem.


O sétimo dia de confronto na Penitenciária Estadual de Alcaçuz, no Rio Grande do Norte, continuou com o interior do prédio sob o controle dos detentos, apesar de não ter havido novos confrontos como os que foram vistos na última quinta-feira (19) e transmitidos ao vivo pela televisão em todo o país. Três feridos foram retirados por cima dos muros da prisão e 11 detentos foram transferidos por ter direito à progressão da pena para o semiaberto.
De acordo com a assessoria de comunicação da Secretaria de Saúde do estado, pelo menos 20 presos já foram retirados de Alcaçuz desde ontem. A maioria foi resgatada na madrugada de hoje, segundo a pasta. Foi solicitado que o hospital para onde todos foram transferidos seja mantido em sigilo para evitar tentativas de resgate. O estado de saúde do internos também não foi divulgado.
Outros três homens foram retirados nesta tarde por meio de macas içadas pelo Corpo de Bombeiros. O trabalho foi feito com a ajuda de cordas para ultrapassar os altos muros da unidade, já que as forças policiais estaduais têm acesso livre somente à parte de fora.
O secretário de Segurança Pública e Defesa Social do Rio Grande do Norte, Caio César Marques Bezerra, declarou à imprensa nesta noite que a guarda do presídio “está no perímetro externo e nas guaritas”. “O choque e o Bope entraram ontem para definir uma área de não confrontação e estamos mantendo esses limites”, informou. “Temos as guaritas para fazer a proteção e o patrulhamento externo”.
Culto evangélico
Durante todo o dia, diversos veículos da imprensa acompanharam a movimentação interna de Alcaçuz em cima de uma duna próxima ao presídio, onde parentes também observam o interior da unidade. Fotos de um culto evangélico com violão e sistema de som foram divulgadas durante a manhã, além de imagens de presos falando ao celular e do trabalho de transferência de detentos do local, durante a tarde.
A Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejuc) retiraria nesta tarde 17 presos de Alcaçuz - a maioria deles teve a pena migrada do regime fechado para o semibaerto. No entanto, segundo a pasta, cinco deles se negaram a sair. Os outros onze foram transferidos para outra unidade prisional, para onde voltarão diariamente para dormir. O 17° saiu pela “porta da frente”, de acordo com a imprensa local, pois recebeu um alvará de soltura.
Mortos sem resgate
O secretário também confirmou que existem detentos mortos dentro do presídio que ainda não foram retirados. “Não foi possível ainda entrarmos com as equipes de perícia e Polícia Civil, estamos preparando essas operações para o fim de semana, porque isso precisa da investigação de campo, dos exames de campo para confirmar se há novas vítimas fatias – e sabemos que há – e também os feridos que hoje se encontram”, disse.
Ele explicou que a Polícia Militar não está fixa dentro da unidade porque a corporação só entra para conter conflitos. O trabalho permanente deve ser feito por agentes penitenciários. Em entrevista por telefone à Agência Brasil, o Procurador Geral de Justiça do estado, Rinaldo Reis, informou que seis funcionários por turno trabalham no local normalmente. A informação foi confirmada pela presidente do sindicato da categoria, Vilma Batista.
Muro dividirá facções
Como medida emergencial para evitar novos massacres em Alcaçuz, o governo estadual deve começar amanhã a construir um muro entre os pavilhões para dividir as facções Primeiro Comando da Capital (PCC) e Sindicato do Crime do RN. A previsão foi dada pelo secretário Caio César.
De acordo com a assessoria de comunicação da pasta, inicialmente serão instalados contêineres enquanto o muro – que deverá ser de concreto – é levantado. Ainda não foi divulgada a previsão de término da construção da estrutura. “É imprescindível que haja um obstáculo resistente o suficiente para manter as facções separadas”, defendeu o secretário.

MINHA NOSSA! Detentos de Alcaçuz decretam morte de governador do RN

Resultado de imagem para Detentos de Alcaçuz decretam morte de governador do RN
Detentos da Penitenciária Estadual de Alcaçuz, em Nísia Floresta (RN), mandaram um recado para o governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria (PSD).
“Esse governador vai chorar e muito antes de morrer”, informou a polícia, que interceptou uma conversa de um preso.
Nesta quinta-feira (19), o governador admitiu que o ambiente dentro e fora do presídio estava descontrolado.
“Tenho seis filhos”, disse Robinson Faria, que agora anda com quatro seguranças e carro blindado.

FONTE: No minuto

sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

Polícia registra novos ataques criminosos no RN



Ao todo, 32 veículos, prédio público e delegacias foram alvos de ataques. 
Polícia investiga se ataques têm relação com rebelião em Alcaçuz.
Bandidos mandaram os passageiros descerem e atearam fogo em um micro-ônibus em Parnamirim (Foto: Divulgação/PM)
Bandidos mandaram os passageiros descerem e atearam fogo em um micro-ônibus em Parnamirimr legenda
Pelo menos três novos ataques foram registrados na noite desta quinta-feira (19) e madrugada desta sexta-feira (20) no Rio Grande do Norte. Um carro foi incendiado na cidade de Currais Novos, no Seridó potiguar, a Delegacia da Mulher da cidade de Caicó foi arrombada e incendiada e dois ônibus foram queimados na garagem de uma empresa, na Zona Norte de Natal.
Até o momento, vinte e quatro ônibus, dois micro-ônibus, um carro do governo do estado, três carros da secretaria de Saúde de Caicó, um veículo da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana, duas delegacias e um prédio público foram alvos de criminosos. Não há informação de pessoas feridas. Os atentados, a maioria incendiários, foram registrados em oito municípios.
Segundo o secretário de Segurança Pública, Caio Bezerra, está sendo investigado se os ataques têm relação com a crise no sistema penitenciário do estado. "Pessoas já foram presas", afirmou, mas sem revelar a quantidade de detidos.
A maioria dos ataques aconteceu no mesmo momento em que a PM fazia a remoção de 220 presos da Penitenciária Estadual de Alcaçuz. No local, 26 detentos morreram durante uma rebelião no final de semana. Destes, segundo o governo, 15 foram decapitados. Alcaçuz fica em Nísia Floresta, cidade da Grande Natal.
A remoção dos presos foi uma nova tentativa de o Estado retomar o controle da unidade. Para a retirada dos detentos o governo está usando ônibus de turismo locados.
Ataques


Comandante do 1º Batalhão da Polícia Militar, o major Soares disse ao G1 que o primeiro ataque registrado foi contra um carro do governo que estava estacionado na frente da casa de um servidor que mora no bairro de Mãe Luíza. Seis pessoas teriam se aproximado a pé e atirado contra o veículo, que em seguida pegou fogo.

Já na comunidade de Brasília Teimosa, que fica perto de Mãe Luíza, um ônibus da empresa Santa Maria foi incendiado.
Após ser baleado, carro do governo pegou fogo (Foto: PM/Divulgação)
Após ser baleado, carro do governo pegou fogo
À noite, mais oito ônibus foram queimados na garagem da empresa de viação Contijo, no bairro Felipe Camarão, na Zona Oeste da cidade, e um micro-ônibus foi queimado em Bela Vista, bairro de Parnamirim, cidade da Grande Natal.
Micro-ônibus é incendiado em Macau, RN (Foto: Divulgação/PM)
Micro-ônibus foi incendiado em Macau

Em Macau, cidade da região salineira do estado, um micro-ônibus também foi incendiado.
No município de Maxaranguape, litoral Norte potiguar, dois ônibus escolares e um caminhão foram incendiados. Os veículos estavam na garagem da prefeitura. O fogo consumiu os veículos. Ninguém ficou ferido.
A Polícia Militar conseguiu evitar ainda outro ataque a ônibus no conjunto Parque dos Coqueiros, Zona Norte de Natal. Segundo o comandante do 4º batalhão, o major Lisboa, dois homens chegaram a jogar combustível no veículo, mas foram impedidos pelos policiais que patrulhavam preventivamente a área. Os bandidos fugiram a pé na direção da lagoa de captação. O comandante disse também que a segurança foi reforçada em todos os oito terminais de ônibus da Zona Norte.

ALCAÇUZ: Violência sem controle

Presos iniciaram novo motim na Penitenciária de Alcaçuz, no RN, nesta terça (17) (Foto: Frankie Marcone/Futura Press/Estadão Conteúdo)

Cenário de guerra toma conta da Penitenciária Estadual de Alcaçuz. “Está todo mundo armado”, afirma a PM (Foto: Elias Jornalista)

Detentos se rebelam novamente na Penitenciária Estadual de Alcaçuz (Foto: Elias Jornalista)

Comboio para transferência de presos chega a Alcaçuz (Foto: Everton Dantas/NOVO)

19/01 - Presos atiram pedras durante um confronto de facções na penitenciária de Alcaçuz, perto de Natal, no Rio Grande do Norte (Foto: Josemar Gonçalves/Reuters)

Pessoas observam rebelião na Penitenciária Estadual de Alcaçuz, em Nísia Floresta (RN) - 18/01/2017
A situação do maior presídio do Estado do RN é vexatória, o próprio Governador Robson Farias, falou na imprensa isso. Nesta quinta-feira ontem chegou a Natal, integrantes das FORÇAS ARMADAS, onde o principal objetivo é oferecer segurança a população e evitar ataques programados por membros das facções. Hoje sexta-feira, não podia ser diferente, checamos informações através desta editoria, de que continuam os motins e os detentos gritando palavras de ordens sobre a continuidade dos confrontos para o dia de hoje.


Forças Armadas voltam às ruas de Natal para conter onda de ataques

Operação Potiguar 2 será deflagrada nesta sexta (20) e segue até o dia 30.
Ao todo, 1.200 militares serão empregados no combate ao crime organizado.

Tropas federais iniciam 'operação Potiguar' em Natal (Foto: Fabiano de Oliveira/ G1)
Homens do Exército, Marinha e Aeronáutica voltam às ruas de Natal a partir desta sexta-feira (20) para combater a onda de ataques criminosos iniciada nesta quarta-feira (18). O emprego dos militares no patrulhamento das principais vias, pontos turísticos e o aeroporto da capital do Rio Grande do Norte foi autorizada pelo presidente Michel Temer. Ao todo, 1.200 homens vão integrar a Operação Potiguar 2, que segue até o dia 30 deste mês.
 Essa será a segunda vez em seis meses que militares são empregados no cambate à criminalidade em Natal e na região metropolitana. Em agosto do ano passado, por 21 dias, o mesmo efetivo ocupou as ruas da cidade após uma série de ataques criminosos em todo o Estado.
De acordo com o Exército Brasileiro, a Operação Potiguar 2 seguirá os mesmos moldes da primeira ação. Os militares virão dos mesmos batalhões da Operação Potiguar 1, localizados nos Estados de Pernambuco e da Paraíba, além do interior do Rio Grande do Norte
Ataques


Houve ataques em nove municípios do estado: Natal, Parnamirim, São Gonçalo do Amarante, Ceará-Mirim, João Câmara, Macau, Caicó, Touros e Maxaranguape.
Segundo o secretário de Segurança Pública, Caio Bezerra, a relação entre os ataques e a crise no sistema penitenciário do estado está sendo investigada. "Pessoas já foram presas", afirmou, mas sem revelar a quantidade de detidos.
A maioria dos ataques aconteceu no mesmo momento em que a PM fazia a remoção de 220 presos da Penitenciária Estadual de Alcaçuz. No local, 26 detentos morreram durante uma rebelião no final de semana. Destes, segundo o governo, 15 foram decapitados. Alcaçuz fica em Nísia Floresta, cidade da Grande Natal.
A remoção dos presos foi uma nova tentativa de o Estado retomar o controle da unidade. Para a retirada dos detentos o governo está usando ônibus de turismo locados.
Cenário de guerra toma conta da Penitenciária Estadual de Alcaçuz. “Está todo mundo armado”, afirma a PM. (Foto: Elias Jornalista)
Micro-ônibus é incendiado em Macau, RN (Foto: Divulgação/PM)
Bandidos atearam fogo na garagem do prédio da Secretaria de Saúde de Caicó  (Foto: Willacy Dantas )
Ônibus incendiado em João Câmara, RN  (Foto: Divulgação/PM)
Ônibus incendiado em Touros (Foto: Reprodução/Facebook)
19/01: Ônibus escolar incendiado em São Paulo do Potengi, RN (Foto: Divulgação/PM)
Viatura da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana foi alvo de bandidos (Foto: Reprodução)
Bandidos mandaram os passageiros descerem e atearam fogo em um micro-ônibus em Parnamirim (Foto: Divulgação/PM)
Ônibus incendiado no conjunto Santa Catarina, em Natal (Foto: Reprodução/Facebook)
Terminal das Rocas foi alvo de bandidos  (Foto: Divulgação/PM)
19/01: Ônibus é incendiado em Santos Reis, bairro de Natal (Foto: Heloisa Guimarães/Inter TV Cabugi)
FONTE: G1.com/RN

Maior penitenciária do RN tem 7º dia de motim; presos voltam ao telhado

Detentos da Penitenciária Alcaçuz estão rebelados desde sábado (14).
Pelo menos 26 presos já foram mortos durante confronto entre facções.
19/01 - Presos são vistos no telhado durante uma rebelião na penitenciária de Alcaçuz, perto de Natal, no Rio Grande do Norte (Foto: Josemar Gonçalves/Reuters)
19/01 - Presos são vistos no telhado durante uma rebelião na penitenciária de Alcaçuz, perto de Natal, no Rio Grande do Norte
O motim de presos da Penitenciária Estadual de Alcaçuz, na Grande Natal chega ao 7º dia nesta sexta-feira (20). No sábado (14), segundo o governo do estado, 26 detentos foram mortos durante briga entre duas facções criminosas dentro da unidade. Nesta quinta-feira (19), houve novo confronto entre os presos. De acordo com a PM, outros detentos foram mortos, mas ainda não há confirmação da quantidade. Na manhã desta sexta (20) será definido como vai acontecer a operação de retomada do controle da unidade.

EXCLUSIVO: Prefeitura Municipal de CAIÇARA DO RIO DO VENTO realiza pagamento antecipado de salários dos servidores


É com orgulho e satisfação que anuncio a antecipação do pagamento de todos os servidores de nossa Caiçara do Rio do Vento, para esta sexta-feira, dia 20.
Nesse momento de crise que vive os municípios brasileiros, onde muitos declaram até calamidade administrativa, uma ação dessa natureza nos dá felicidade em dobro e mais porque é apenas o primeiro mês de nosso mandato.

A antecipação do pagamento em dez dias pode parecer uma coisa simples, mas tem uma grande importância para mim e para meus auxiliares, pois demonstra que estamos preparados para o grande desafio que teremos nesses 04 anos que se iniciam.
Enfim, estamos acrescentando mais de 400 mil reais para movimentar a economia de Caiçara neste feriado.
A luta continua.
Abraço.

Felipe Múller
Prefeito Municipal

quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

Governo do Estado paga R$ 2,4 milhões em Garantia Safra

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Agricultura, da Pecuária e da Pesca (Sape), pagou nesta quinta-feira (19) a contrapartida do Garantia Safra 2015/2016 para a região II. Foram repassados R$ 2.468.502,00 aos 64 municípios que compõem a área. Com o pagamento de R$ 2.694.024,00 em dezembro do ano passado para os agricultores da região I, o investimento total do Executivo no Garantia Safra 2015/2016 ultrapassa R$ 5,1 milhões. Estima-se um impacto de R$ 46 milhões na economia dos municípios das duas regiões.
Na primeira etapa, 26.412 agricultores da Região I, composta por 85 municípios, receberam o benefício. Dessa vez, estão sendo beneficiados 24.201 agricultores de 64 municípios que compõem a região II.

INSEGURANÇA: O que diz GERALDO MELO: Sugiro governador dar murro na mesa e desautorizar “quem fez acordo com facção”

Do ex-governador Geraldo Melo (PMDB) que administrou o Rio Grande do Norte antes da construção do polêmico presídio de Alcaçuz.





SEGURANÇA: Presos voltam a se enfrentar dentro de Alcaçuz

Detentos iniciaram nova rebelião e confronto nesta quinta-feira.

Os detentos de Alcaçuz voltaram a se enfrentar, dessa vez, em uma batalha campal dentro da unidade. Após cinco dias de tensão e troca de ameaças entre as facções criminosas, no final da manhã desta quinta-feira eles começaram a partir para o confronto.
Neste momento, o clima é bastante tenso na unidade. Alguns presos entraram em luta corporal. Os agentes penitenciários e os policiais militares tentam contar o confronto. No entanto, eles estão em cima das guaritas e usam bomba de efeito moral e armas não letais para tentar separar os presos.
Já foi solicitado reforço de policiais militares do Batalhão de Choque e do BOPE para tentar intervir diretamente dentro da unidade.
Os presos estão soltos nos pavilhões desde o domingo, após a morte de 26 detentos. No entanto, eles haviam construído barreiras para separa o Pavilhão 5, onde estão detentos do PCC, dos demais pavilhões, onde estão presos do Sindicato do RN.
Nesta quarta-feira, o Governo do Estado fez a retirada de 220 presos do Sindicato do RN dos pavilhões 1 e 2 de Alcaçuz.

SEGURANÇA: Polícia do RN invade Alcaçuz para retomar controle de presídio rebelado

C2j1WOQXUAE4PgP
Por volta das 17h13 (18h13 no horário de Brasília) desta quinta-feira (19), policiais militares do Batalhão de Choque e do Batalhão de Operações Especiais (BOPE) entraram mais uma vez na Penitenciária de Alcaçuz para tentar retomar o controle da unidade.
O objetivo da operação é separar as duas facções, anunciou mais cedo o governador Robinson Faria. Em entrevista à GloboNews, ele afirmou que pretende construir “uma parede física para separar o PCC do Sindicato do RN”.

CAIÇARA DO RIO DO VENTO: Emancipação política do município, 54 anos de histórias.

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, multidão e atividades ao ar livre
Procissão do padroeiro São Sebastião

Resultado de imagem para fotos de caiçara do rio do vento
Vista da cidade (centro)

Resultado de imagem para fotos de caiçara do rio do vento
Igreja matriz

Resultado de imagem para fotos de caiçara do rio do vento


Resultado de imagem para fotos de caiçara do rio do vento
Vista da BR 304, saída da cidade

Resultado de imagem para foto do prefeito filipinho de caiçara do rio do vento
Prefeito atual Felipe Múller (filipinho)

SUA HISTÓRIA
Em uma Região inóspita e ressequida por longos períodos de estiagem, com flora e fauna características do bioma da caatinga, onde outrora foi dominada por povos indígenas, notadamente tapuias (evidências comprovam isto), Surgiu o hoje município de Caiçara do Rio do Vento.

A ocupação propriamente dita teve seu início no inicio do século XVIII, por volta de 1710, quando os irmãos Manoel e Francisco Rodrigues Coelho pediram terras na testada da Boágua, que corria até a Serra da Gameleira. Em 02 de agosto de 1749, Manoel Pinheiro Teixeira requereu parte da data do Rio do Vento que pertencia a seu avô Manoel Rodrigues Coelho, as terras desciam pelo Riacho do Sapo, confinando com as do seu tio Jose Pinheiro Teixeira que as tinha desde 1734 no Rio do Vento, e com as do seu irmão Bernardo Pinheiro Teixeira.

 O Sitio Caiçara do Rio do Vento pertencia em 1850 a Manoel Ferreira Pires, do qual, os remanescentes ainda hoje habitam em Caiçara do Rio do Vento.

Caiçara do Rio do Vento comemora seu aniversário em 19 de janeiro data que corresponde à da emancipação política que ocorreu no ano de 1963, quando Caiçara do Rio do Vento até então, arruado de poucas casas e alguns estabelecimentos comerciais as margens do rio que dá origem ao seu nome, se desmembrou politicamente do município de Lages. Após sua emancipação política a cidade foi administrada pelos prefeitos: Severino Lourenço de Carvalho, Lourenço Alves Ferreira Carvalho, Manoel Sinfrônio Bezerra, Julio Vitorino de Andrade, Emanoel Gelson de Andrade (três mandatos), Etevaldo Câmara Lisboa (três mandatos) e Felipe Eloi Muller (dois mandatos) Francisco Edson Barbosa, que assumiu o cargo (Setembro/2009) após a renúncia do titular, Felipe Eloi Muller a onde o município passou por um processo de anulação da eleição o que desencadeou a realização de uma nova eleição de forma suplementar para escolha do prefeito, no decorrer da organização deste pleito assumiu interinamente a Prefeitura a Presidente da Câmara Municipal a Vereadora Conceição de Maria Fernandes Soares, no período de Janeiro à Abril de 2013. Na eleição suplementar realizada em 07 de abril de 2013, foi eleita e empossada no dia 1º de Maio do mesmo ano, para o Cargo de Prefeita Constitucional, Conceição de Maria Gomes Lisboa Rocha, para continuidade da Legislatura 2013/2016 e que hoje, o municipio é administrado pelo jovem Prefeito FELIPE MÚLLER, filho do então ex-Prefeito Felipão.

SEGURANÇA: Treze ônibus já foram queimados nesta quarta (18) em Natal


Um total de 12 ônibus já foram queimados nesta quarta-feira (18), em Natal, após a tropa de choque da Polícia Militar ter entrado na Penitenciária Estadual de Alcaçuz, para transferir detentos para outros presídios, na tebtativa de acabar a rebelião que já dura cinco dias na maior Penitenciária do Rio Grande do Norte.
Foram 12 ônibus e um carro do Governo do Estado. Toda a frota de transporte xoletivo já foi recolhida em Natal, mas a Secretaria de Trânsito e Transportes Urbanos (STTU) informa que autorizou aos táxis, transporte escolar e veículos credenciados pelo DER a realizarem o serviço de lotação
                         Em Macau também tocaram fogo em ônibus

FUTEBOL: PLACAR E CLASSIFICAÇÃO DO CAMPEONATO ESTADUAL RN

Baraúnas   0x0  ABC-RN
Globo-RN   3x0  Alecrim-RN
América-RN   1x0   Potiguar-M
ASSU   x  Santa Cruz/NESTA QUINTA

CLASSIFICAÇÃO PG JG VI SG 

1 Baraúnas 4 2 1 2 
2 ABC 4 2 1 2 
3 América 4 2 1 1 
4 Globo 3 2 1 1 
5 Potiguar-M 3 2 1 0 
6 Santa Cruz 1 1 0 0 
7 ASSU 0 1 0 -1 
8 Alecrim 0 2 0 -5

SEGURANÇA: Em meio a crise, Robinson reclama de ‘oportunismo’ e diz: ‘Precisamos de união’

Governador lamentou críticas que o Estado tem recebido de maneira 'oportunista'; redes sociais estão fervorosas desde caos que se instalou em Alcaçuz
Foto: Reprodução
Em meio a crise penitenciária que foi alimentada no último final de semana com a rebelião que ocorreu no Presídio Estadual de Alcaçuz, o Governo do Rio Grande do Norte, sobretudo o líder do Executivo estadual, Robinson Faria, está sendo muito atacado através das redes sociais. Em declaração dada no Twitter, o governador lamentou as críticas ‘oportunistas’ que estão sendo enviadas até ele e clamou por união para vencer o momento caótico.
“Em um momento de enfrentamento de crise no sistema penitenciário, precisamos de união para combater o crime. Há gente espalhando boatos, usando posições na sociedade para levar informações falsas e denegrir o RN. Não aceitamos essa conduta! Estamos trabalhando noite e dia para superar o problema. O momento é de união, não de críticas oportunistas”, declarou Robinson.
“Não vamos nos intimidar e nem recuar. O Rio Grande do Norte vai enfrentar o problema de cabeça erguida, sempre enfrente”, concluiu o governador, que em breve deverá viajar até Brasília para solicitar reforço ainda maior da Força Nacional no estado.

SAÚDE NO BLOG: Dicas importantes

Dentista revela quais alimentos devem ter seu consumo controlado para não desenvolver a lesão bucal
As aftas quando aparecem em nossos lábios incomodam muito. Além de serem desconfortáveis, elas ardem, doem e atrapalham a alimentação. Felizmente, há formas de evitá-la e cuidá-las para que sejam eliminadas mais rapidamente. Em entrevista Mario Groisman,  dentista e Mestre em Ciências Dentais pela Universidade de Lund, na Suécia, revelou como devemos tratá-las; confira:

Qualquer pessoa pode ter afta? Em qualquer idade?
"Qualquer pessoa pode ter afta. As mulheres têm mais chances de desenvolvê-la do que os homens, por causa dos fatores hormonais".

É possível evitar?
"Algumas medidas podem ajudar na prevenção das aftas como manter uma higiene bucal adequada, ir regularmente ao dentista, além do cuidado com a alimentação".

Depois que elas aparecem, quais cuidados devem ser tomados? 
"Quando as lesões são de pequeno de diâmetro, não demandam tratamento e podem desaparecer em até 15 dias. Porém, em casos nos quais haja muita dor ou dificuldade de deglutição, bochechos e pomadas com analgésicos podem ser usados. E em casos mais graves pode ser indicado a prescrição de anti-inflamatóriossistêmicos ou medicamentos que reduzam a acidez estomacal".

Que alimentos devem ser evitados para não agravar? 
"Evitar alimentos ácidos, como abacaxi, limão e condimentados como ketchup, pimenta e pode ser recomendado para diminuir a irritação".

O que faz com que, em alguns casos, a afta evolua para sintomas mais sérios? "As aftas podem voltar mesmo depois de tratadas, e algumas pessoas específicas, principalmente as que apresentam baixa imunidade, podem apresentar sintomas mais graves. Eventualmente, podem aparecer gânglios no pescoço (“ínguas”), cansaço e até febre". 


quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

CAIÇARA DO RIO DO VENTO: Prefeito FILIPINHO intensificando atendimento a população caiçarense

A imagem pode conter: 1 pessoa, sentado e área interna
O Prefeito FILIPINHO em atendimento a população CAIÇARENSE ontem terça-feira, dia 17/01, ouvindo as reivindicações de seu povo. 

A imagem pode conter: 1 pessoa, sentado e área interna
A competente chefe de Gabinete Jéssica, prestando o assessoramento ao Prefeito Filipinho

A imagem pode conter: 2 pessoas, área interna
Ex-Prefeito Felipão, pai do Prefeito Filipinho e atual Secretário de Administração, participando ativamente das ações administrativas do município.

Ontem terça-feira, foi o primeiro dia de atendimento a população Caiçarense realizado pelo Prefeito FILIPINHO e sua equipe formada por seu pai FELIPÃO, atual Secretário de Administração, Jéssica, chefe de gabinete, além de sua Assessoria Jurídica e demais Secretários, desde as 09:00 hs da manhã, prolongando-se até as 22:00 hs, ao todo mais de 130 atendimentos, sempre ouvindo os reclamos do povo e dando uma solução para cada caso exposto, isso é o que sempre fez e está dando continuidade o Prefeito atual, seguindo orientação de seu pai Felipão.                 

SEGURANÇA: Em coletiva ao vivo na Globonews, Robinson Faria diz que governo federal deverá ceder avião ainda hoje para transferência de líderes do PCC

A Globonews acaba de transmitir ao vivo uma coletiva do governador Robinson Faria, concedida no Ministério da Justiça, onde ele participa de reunião com o ministro Alexandre Moraes.
O ministro reúne os secretários de Segurança dos Estados, mas a presença do Rio Grande do Norte é do governador, que anunciou que ainda hoje o governo federal deve ceder um avião para fazer a transferência dos líderes do PCC que foram retirados de Alcaçuz para presídios federais em estados do Brasil ainda não divulgados.
Robinson também reiterou que essa é a primeira vez que a União colabora com a segurança dos estados, enaltecendo a decisão do presidente Michel Temer.
Depois da coletiva de cerca de 10 minutos, o governador permaneceu ao vivo por mais de 5 minutos concedendo entrevista exclusiva à Globonews, repetindo o que disse aos repórteres dos veículos de comunicação presentes à coletiva.
Robinson explicou que, comparando com o caos do sábado, a situação já pode ser considerada sob controle, vez que a polícia já conseguiu entrar no presídio e retirar líderes do PCC, sem haver troca de tiros nem ataques a policiais nem a agentes penitenciários.
Explicou também que os presos permanecem fora das celas porque as celas foram destruídas.

SEGURANÇA: Polícia Federal e outros quatro ônibus chegam a Alcaçuz para transferência de presos

Ao todo, oito ônibus irão ser usados para transferir os presos de Alcaçuz; ainda não se sabe para onde eles serão levados
Foto: Emmerson Alves / Agora RN
Agentes da Polícia Federal chegaram por volta das 17h30 desta quarta-feira (18) na Penitenciária Estadual de Alcaçuz juntamente com mais quatro ônibus que deverão transportar presidiários a outras unidades do Rio Grande do Norte.
Atualmente, estão presentes no local, além dos agentes federais, tropas da Polícia Militar, agentes penitenciários e homens da Força Nacional de Segurança. Um pouco antes, familiares dos detentos tocaram fogo em sofás velhos em frente a Alcaçuz na tentativa de impedir as transferências.
Ao todo, oito ônibus irão ser usados para transferir os presos de Alcaçuz. Ainda não se sabe para onde eles serão levados, uma vez que não houve confirmação da Secretaria de Segurança Pública (Sesed).
pf
Tropas da Polícia Federal chegaram junto com ônibus que vão transferir presos. 
pf2
Viatura da Polícia Federal parada em frente a Alcaçuz.

SEGURANÇA: Tentando acabar com motins, Governo promove troca de 220 presos no presídio de Alcaçuz

Informações foram dadas pelo secretário estadual de Segurança Pública, Caio Bezerra, durante entrevista coletiva realizada na Escola de Governo na tarde desta quarta-feira
Foto: Emmerson Alves / Agora RN
Durante a entrevista coletiva realizada no final da tarde desta quarta-feira (18), o secretário de Segurança Pública e Defesa Social do Rio Grande do Norte (Sesed), Caio Bezerra, informou que, ao todo, 220 presos estão sendo transferidos da Penitenciária Estadual de Alcaçuz ao longo desta quarta. Em contrapartida, 230 estão chegando, vindo de outros presídios.
Durante a operação, que ainda está em andamento no maior presídio do Estado, os policiais apreenderam diversas armas brancas, armas de fogo e coletes balísticos que estavam em posse dos detentos. As forças armadas estão ajudando nas buscas e diligências dentro da penitenciária.
Todos os presos que estão sendo transferidos são pertencentes a facção Sindicato do Crime. A intenção do Governo é isolar essa facção do Primeiro Comando da Capital (PCC) e manter as duas em penitenciárias distintas, na intenção de evitar novos confrontos.
Ainda de acordo com o secretário, o policiamento ostensivo está sendo reforçado em toda Natal, uma vez que durante a tarde três ônibus do transporte público foram incendiados por bandidos, além de um carro do Governo do Estado.

SEGURANÇA: PM troca tiros com suspeitos de incendiar ônibus na empresa São Geraldo e atirar contra o 14° DP

Equipe comandada pelo capitão Styvenson interceptou os suspeitos na Cidade da Esperança. Bandidos abandonaram o carro e fugiram. A caçada continua nos morros
Foto: Magnus Nascimento

 56eie5

O Fiat Idea de cor cinza, placas JIF 7607 foi tomado de assalto por três homens armados, na tarde desta quarta-feira, na Cidade da Esperança.
Durante o patrulhamento no início da noite, policiais da Força Tática do 9° BPM iniciaram uma perseguição. Houve troca de tiros e os bandidos abandonaram o carro e fugiram para os morros. No interior do veículo foram encontradas várias cápsulas de munições deflagradas.
e5ie88
Segundo o capitão PM Styvenson Valetim, que comanda a equipe, eles são suspeitos de participação no atentado a tiros contra o 14° Distrito Policial, em Felipe Camarão, como também de ter ateado fogo contra veículos na garagem da empresa São Geraldo.
Cerca de 10 homens encapuzados e armados, invadiram a São Geraldo e atearam fogo em pelo menos 8 ônibus de viagem.
e56e
De acordo com um oficial da PM, que preferiu não se identificar, os funcionários foram agredidos e feito reféns durante o atentado. Felizmente, as vítimas passam bem.
e65ie5i
Oito ônibus são incendiados de uma vez em garagem da São Geraldo em Felipe Camarão