ULTIMAS NOTÍCIAS

segunda-feira, 8 de maio de 2017

Rio Grande do Norte tem 26 homicídios no fim de semana, registra instituto

Dados foram consolidados por instituto que contabiliza crimes violentos intencionais. Levantamento aponta um dos finais de semana mais violentos de 2017.

Jovem de 26 anos foi morta a facadas dentro de casa em Parnamirim  (Foto: Arquivo Pessoal )
Jovem de 26 anos foi morta a facadas dentro de casa em Parnamirim 
Vinte e seis pessoas foram mortas no Rio Grande do Norte somente neste final de semana, segundo levantamento feito pelo Observatório da Violência Letal Intencional (OBVIO). Segundo o observatório,865 pessoas já foram assassinadas no estado em 2017.
Seis desses casos aconteceram em Natal. Três em Afonso Bezerra e outros três em Touros. Ceará-Mirim, Extremoz e Macaíba registraram dois homicídios cada. Os municípios que registraram um caso cada foram: Alto do Rodrigues, Canguaretama, João Câmara, Mossoró, Parnamirim, São José de Mipibu, Taipu e Tangará.
Os dias mais violentos foram, respectivamente, Domingo com 12 ocorrências, seguido da Sexta-Feira e do Sábado com 7 homicídios em cada dia.
Nos locais onde ocorreram as mortes neste último final de semana, 10 aconteceram em vias públicas, quatro dentro de residências e imediações e também quatro em margens de rodovias e estradas. As demais, contaram com 2 ocorrências cada: bares e festas; hospitais e prontos socorros; estradas carroçáveis; equipamentos públicos; e dentro de veículos.
Jovem de 26 anos foi encontrada morta a facadas dentro de casa  (Foto: Arquivo Pessoal )
“O que mais me dói depois de perder minha filha é ver o estado do meu neto. Ele viu o corpo. Ele viu o sangue da mãe dele no chão. Viu a mãe dele morta. A criança está traumatizada”, lamentou Luis. Segundo ele, o menino tem 10 anos e foi junto com um tio procurar por Lila na casa dela. Lá, os dois acharam a mulher morta.
"Meu desejo é que a justiça seja feita, desse jeito não suporto viver. Um monstro, quem fez isso”, disse Luis. O vereador aguarda a liberação do corpo da filha para ser sepultado e enterrado em Jundiá, cidade natal dela. “A cidade toda está em choque”, lamentou.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Seu comentário será publicado mediante a aprovação do Moderador.

Não publicamos comentários sem assinatura (Anônimos).

Sua participação ajuda a melhorar nosso trabalho!

Agradecemos por acessar nossa página !
_____________________________
Equipe do Sertão RN